domingo, 3 de julho de 2011

"Esperança"

Me rendo a cada rio que passa
a todas as florestas em pé
ao vento e aos sentimentos
me rendo também aos carinhos constantes
agradeço a cada instante
ao cheiro do ar
ao por do sol
ao luar
ao sol ardente
a chuva fria que cai todas a s tardes
aquecendo meus anseios/
as árvores florecem
meu pé de camomila cresce
minhas órquídeas ficam paradas observando a proteção que tenho
a força que recebo deve ser imensa
tão forte que ainda não desiti de passar todos os dias com muito carinho.
tanto amor e carinho que nem mesmo sei como retribui-lo
meu pe´de camomila cresce
olha pra mim como a única testemunha do meu dia
eu também queria saber de mim.
ele sabe, é meu companheiro na hora dos chás
meu pé de camomila cresce e minha esperança também.




6 comentários:

✿ chica disse...

Que a esperança continue sempre a crescer...Lindo! beijos,tudo de bom,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Tributo à natureza e a vida. O importante é que a esperança sobreviva.
Boa semana
Bjux

JanaFerraz disse...

Acabei de encontrar o seu blog e me encantei *-*
É um cantinho muito bonito.
Ficarei por aqui e voltarei sempre que puder.
ESTOU A SEGUIR!

Tenho um lugarzinho assim também:
www.misturadinamica.blogspot.com
Ficarei feliz em te receber por lá.

Sueli disse...

Maria, fiquei muito tempo sem passear pela blogosfera, mas agora estou de volta. Vim contar que estou de casa nova e que bom chegar aqui e encontrar essa delícia de poesia! Estou eternecida! Quanto doçura nas suas palavras... Abração!

Carlos Leite disse...

Tanto otimismo e esperança! :)
Era mesmo isto que faltava no meu dia. Foi uma honra ter a oportunidade de conhecer o seu blog. Estou a gostar imenso e já estou a seguir.
Obrigado,


Atenciosamente,
Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com

Faust Sotam disse...

tenha cuidado com os seus pés de camomila :, e que a esperança brote nesta natureza impermanente, abraços.

Related Posts with Thumbnails

add this