quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Sem Rumo


sem rumo segue
sem efeitos
defeitos
perfeito segue
passa
a vida ergue
sem pensar
pensar pesa muito
o passado ímpio
presentes fúteis
futuro cego!
pasteurizado.
sem rumo segue.

2 comentários:

Faust Sotam disse...

Mais vale seguir a vida do que comandá-la,no fundo é ela que nos comanda a nós,sem rumo seguimos vivendo,alegres como crianças,inocentes,ingênuas sem pensar,porque pensar é racionalizar a vida e a vida não se racionaliza, vive-se.Gostei do poema...cumprimentos.

Nilson Barcelli disse...

Diferente, mas igualmente belo este poema.
Beijo.

Nota: Se usasse letra em cor escura a visibilidade talvez fosse melhor. Sugiro que vc faça uma experiência em azul escuro, por exemplo.

Related Posts with Thumbnails

add this