segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Corpos Ardentes

Corpos que ardem por desejos incertos
corpos reagem aos movimentos próximos
sugam desejos loucos corpos
corpos ardentes
quentes
desejos por corpos que ardem
aos mistérios das noite de lua clara
na suavididade que passa brisa
frases de amor
ouço noites aladas
frases de amor
sinto quentes
noites de ardor
benditas frases de amor.
nossos corpos se entrelaçam
da tempratura percebo a cor
suor
calor
orgasmo
amor.


20 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

bonito poema com grande
sensualidade.

Parabéns

Alvaro Oliveira

Escrevendo na Pele disse...

Delícia, delícia e mais delícia! Os seus poemas são majestosos!! Bjs.

Aníbal Raposo disse...

Quente. Quente e lindo.

Beijos

Palavras de Osho disse...

Isso é que é viver !!!!

bjs,

Cansada de ser boazinha disse...

Lindo!!!! Simplesmente lindo!!!
Bjos!!!!

Espelho meu disse...

Delícia ler este poema, olhar este blog e beber a essência destas palavras...

Adorei vir aqui retribuir a visita, e ainda bem que o fiz porque já estou a seguir! :)

Muitos beijinhos*

Delírios das Borboletas disse...

obrigada, eu nem consigo chegar perto do qu vocês merecem.
beijos

Ludmila Roumillac disse...

Noooossa, que delícia esse poema... Ahhhhhh, e as frases de amor.... humnnnnnnn, lindo demais! Parabéns!
Bjoooo

Esterança disse...

Olá amiga!!

Falas de amor com propriedade..

Passando para deixar um abraço e um pensamento:


" Antes de encontrar o caminho da página, uma palavra tem primeiro de fazer parte do corpo, tem de ser uma presença física com quem se vive tal e qual como se vive com o coração..." (Paul Auster)

Boa semana!

traços de um homem disse...

Linda poesia.
Lindo blog.
Parabens
Beijos

Volúpia disse...

Este poema tem um ritmo.. parece que ele anda por si só.

Muito bom.

Beijos!

belinha.borboleta disse...

Lindo poema
Com uma sensualidade sutil...

A Flor do Sul disse...

Corpos que agora,
Aqui, juntos estão
Abraçados e entrelaçados,
Logo logo se separarão.

A noite estrelada
Sempre vê morrer
As estrelas uma por uma
Para que o Sol possa nascer.

coisas boas da vida disse...

Poema bonito e blog também.

bjos

Mirse disse...

Corpos que agora,
Aqui, juntos estão
Abraçados e entrelaçados,
Logo logo se separarão.

Que realidade inóspita! Mas não é disso que fala o poema. è belíssimo e fala de forma sensual, sensibilizando o amor!

Parabens!!

Abraços

mirse

Zisco disse...

Belos poemas, vim conferir e adorei, vou te acompanhar.

{Nanda}_A disse...

vim retribuir a visita e me deparo com este blog belissimo...

suas palavras sao recheadas de sentimentos e emoções...

adorei!

bjs

Cris Animal disse...

orgasmo
amor

Essa parceria é imbatível ainda!

beijo
...........Cris Animal

Ana Martins disse...

Muito forte e sensual este poema, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Related Posts with Thumbnails

add this