terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Pensamentos

Sem sentir me vejo em montanhas
cerrados, campinas
despindo corpos e almas
pra você louvado
num pacto momento
sentido prazer da hora
que agora amada fui
um espetáculo
raro prazer sentido
ocultado cerrado
o vento sopra!
prazer ouvido
prazer sentido
prazer ao lado
agora prazer
amado prazer
que hoje eu sinto
muito prazer
pra você cerrado prazer
estarei aqui te amando.



10 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Belo poema.
Gostei das suas palavras.
Beijos.

Escrevendo na Pele disse...

Linda declaração de amor!! Bjs.

Palavras de Osho disse...

Maravilhosa foto, maravilhoso poema.

bjs,

Volúpia disse...

O amor é um sentimento que se ali ao prazer..

..Beijos.

* Uma árvore, um banquinho, uma tensão e um tesão.

Avassaladora disse...

Conecendo vc...
Sua "casa"...rs
retribuindo sua visita!
Que bom ter mais uma amiga por aqui!
Tem poemas lindos aqui!
Estarei sempre por aqui...


Beijos e carinhos

Ludmila Roumillac disse...

Etaaaaaaaaaaa nostalgia do q eu nem vivi!!! =)

Bjooooooo, adorei!

Portojo disse...

Retribuo a gentil visita que me fez e que agradeço. Aproveitei para bisbilhotar o seu blogue, que muito admirei.
Abraço de amizade
Jorge Potojo

Sonia Schmorantz disse...

Flores para você

Para você enfeitar o seu dia,

lhe trazer mais alegria

mais paz a cada minuto.

Flores

Para você pensar na vida com mais carinho,

e não se esquecer que por você

carrego o sentimento mais sublime:

A amizade!

Nadja disse...

Lindo poema!

:*

Saara Senna disse...

Olá!
Adorei seu texto!

Continue amando, com prazer, e muito prazer!

Beijo grande :)

Related Posts with Thumbnails

add this