sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Flores



Atrás das orquídeas

Um sonho de lágrimas

Sem comparações e nada de alarde

O oceano alenta dilatando belas e doces flores

Sem lua

tu me pediste que não chorasses aquele vulcão

Que viria a cavalo sem lastimares

Na cor do rio

Na rocha esculpida

Fascinando as libélulas

Mantendo o brilho

Voando sem asas

Imitando a revolução das células

Cumprindo o programa num combate amoroso

Buscando na profundeza reiniciar esta interminável subida

Acessando um ciclo nostálgico.

Enfim a noite vital se acalma

Se transforma numa película subentendida

Tentando atingir o sistema de partículas uniformes.

Pois não é tão fácil perder a razão

Assim corre a noite num espaço vazio

Recriando corpos levados ao rio.

10 comentários:

Avassaladora disse...

Menina, que lindo!
"Pois não é fácil perder a razão..."
Te digo que é fácil sim... e a gente perde com frenquencia!

Beijos e carinhos

LILIANA G. disse...

ue linda imagen, tu foto es buenísima,muchos saludos.

Mário Margaride disse...

Gostei imenso deste poema! Forte e sensível ao mesmo tempo.

BEIJINHOS E UM EXCELENTE FIM DE SEMANA!

Mário

Sonia Schmorantz disse...

Que lindo poema, menina!
Beijos e bom domingo

Gilbamar disse...

Eis um poema denso e instigante, inteligente e criativo.

Conhecer seu blog foi uma grande descoberta. Agora também sou seu seguidor.

Fraterno abraço de Gilbamar.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Procurei em livros e livros,
Um poema,
Um parágrafo,
Uma frase,
Que me resguardasse da mágoa, Como janela de vidro protegendo o rosto da chuva.
Mas nada do que leio chega para contar o que sinto.

( N.G.J. )

Bom domingo para você e toda sua família
Abraços

Passa la no blogger tem uma novidade

alvaro oliveira disse...

Bonito como as
próprias orquideas!
Gostei da sensibilidade
que o poema tem.

Beijos

Alvaro Oliveira

XoseAntón disse...

Sí, supoño que fixeronse as flores para que as persoas perderan a razón, porque a perdemos, sin dúbida, pero as veces e sinxelo perdela, tan soio fan falla versos coma estes.

Bikiños

*Lisa_B* disse...

Lindo de se ler e ver.
Boa semana

Daniel Savio disse...

Achei um pouco triste, pois como assim "Cumprindo o programa num combate amoroso"?

Amor é algo que se trava como uma batalha de todos os dias, as suas armas são sorrisos, beijos, carinhos e etc, me explica como isso pode conter um "plano" a se cumprido?!

Fique com Deus, menina "Borboletas".
Um abraço.

Related Posts with Thumbnails

add this