segunda-feira, 2 de março de 2009

POESIA REUNIDA



Eu perguntava quantas foram
e você falava sobre o tempo
eu indagava quantas vezes
e você acendia outro cigarro
eu suplicava quantas mais
e você não respondia
pedia pra mudar de assunto
porque pudesse mentir sobre outra coisa
passei tanto tempo procurando as palavras
que resumiriam nossa relação
mas tudo o que encontrei foi pontuação
exclamações, reticências, e interrogaçãoes
muita vírgula no lugar errado
tremas e assentos desatualizados
e um ponto final pra lá de precipitado.


POESIA REUNIDA DE MARTHA MEDEIROS

7 comentários:

Cris Animal disse...

É...muitas vezes saber doi e não salva. O ponto final sempre chega. As vezes, é melhor nem saber. A vida continua e trás chances e novas vidas!
beijo
...............Cris Animal

João Menéres disse...

E assim o fim chegou...
Terá tido início mesmo?

Alvaro Oliveira disse...

Na realidade, por vezes
é melhor mantermo-nos
na ignorância da verdade,
porque esta doi.
Mas um dia a verdade se
desnuda e tudo chega ao fim.
bonito poema, com sentido
e de incógnita.

Um beijo

Alvaro Oliveira

Mirse disse...

Esta cena se repete todos os dias em quase todas as relações. Sou a facor da verdade, mesmo que doa. esclarecer tudo, mas no mundo, as pessoas precisam, acho dessa ilusão que só deixa um rastro de frustração e quase sempre são as mulheres, as vítimas.

Belo texto!

Parabéns!!!

Mirse

Carla Fabiane disse...

Esse Texto é muito bacana !!
Eu sou do tipo que posso parecer:
Bobona, chorona , mais sempre fui assim !
Sabe não consigo disfarçar, nao consigo emoldurar um sorriso quando nao estou bem, nao consigo maquear um sentimento.
Quando meu coração pede para chorar eu choro, choro muito sem a menor vergonha do que as pessoas vão pensar.
Quando Amo , apesar de muitos acharem piegas demais , gosto de demonstrar meu afeto meu amor.
Talvez eu nao tenha coquistado "Grandes" coisas por ser muito Eu mesma!! Muito transparente, mais prefiro estar com meu coração tranquilo do tipo:
Fiz tudo que podia fazer!!
Se algo ou alguem nao deu valor já é outra historia!!

Sou bobona Assumida!!
E me sinto feliz de sempre poder ser eu mesma em qualquer situação!!

Olavo disse...

Relações com tantos pontos..é complicado..o ponto final aparece rapidinho..
belo texto
Beijo

Daniel Savio disse...

E no final, ele que era o ser artificial e você o ser vivente (na relação que vocês tinham)...

Fique com Deus, menina Borboletas.
Um abraço.

Related Posts with Thumbnails

add this