sábado, 13 de fevereiro de 2010

EU QUERIA SER O PLANETA

Eu queria ser
a natureza
o chão
a vida
a terra.
Queria ser tudo para você passar e não tropeçar
acumular experiências definidas
romances
o melhor de tudo
a vida e o mar.
Eu queria ser gelo
aquecer pra aquecer sua frieza
atingir o seu auge
a sobra
o conto
a poeira
o vento
tudo que possa respirar.
Admirar personagens
a vida
a festa
o ar.
Eu queria ser a verdade e
ouvi-la 
aguardar infinitamente a ouvi-la
a verdade eu queria
conhecer a verdade e o mar.
Foi intensa
escrita chorada e sentida 

8 comentários:

Chica disse...

Lindo e fortes teus versos e espero que consigas viver e ser feliz...beijos,tudo de bom,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Bastante forte o texto, senti como um desabafo. Quem quisr viver viverá, basta ter coragem para isso.
Beijos

Mylla Galvão disse...

Mariiiiiiiiiaaaaaaaaaaa,

Que texto forte e bem incorpado querida!!!
Já estava com saudades de vc!!!

Adorei!!!

bjão

Rosemildo Sales Furtado disse...

Tenho certeza absoluta de que se chegasses a ser o planeta, hoje não estaríamos presenciando tanta fome, tanta ganância, tanta injustiça e tantas aberrações.

Muito forte!

Fico feliz com a tua volta.

Beijos,

Furtado.

angela disse...

Belo texto.
beijos

Daniel Savio disse...

E a verdade, é que ficou bonita a poesia, pois ela pode ser sentida e contada, mas cada um dá o seu próprio significado...

Fique com Deus, menina "Borboletas".
Um abraço.

Anônimo disse...

Belíssima poesía
tomara fosses tudo isso
mas nao tenhas que chorar...
Bjsssssssssss
Rosy

Anderson Gomes disse...


"E eu queria ser um lenço para seu pranto enxugar!!!!!!!!,!!!!!!!!."

Related Posts with Thumbnails

add this