quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Meu amor



Meu amor está deserto num coração distante
(em vias aquíferas ...).
Flutua meu amor incerto, sucinto.
Meu amor é raro/ claro e transparente.

9 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Amor no ar
amor do mar
amor, amar

Wanderley Elian Lima disse...

Simples e bonito. Amei
Bjux

Daniel Savio disse...

Um amor que espera ver o reflexo no sorriso de outro...

Fique com Deus, menina Maria.
Um abraço.

ENCONTRO COM A POESIA disse...

querida borboleta vim te convidar par aum novo projeto e pode r contar com tuas poesias lindas marcinha.

Sueli disse...

E é assim que deveriam ser todos os amores... claros e transparentes, mesmo que incertos e sucintos. Maria, tem festinha no Fenixando, apareça. Beijos!

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Ahhh!!!o amor sempre vive incerto de td...lindooo!!bjus!!

Carla disse...

que lindo!
adorei seu blog
parabéns

Parapeito disse...

:) que belo é assim o amor
brisas doces****

Chousa da Alcandra disse...

As rarezas e transparencias do amor fan del un camiño antes que unha meta.
Comparto reflexión.

Related Posts with Thumbnails

add this